Uma preocupação recorrente de muitos pais é em relação ao peso ideal da mochila dos seus filhos. Mas o que muitos não sabem é o quão prejudicial é deixar o filho contrair o hábito de carregar mochilas pesadas, e como isso pode comprometer o futuro dessas crianças.

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 85% já tiveram ou estão propensas a um dia contrair dores nas costas provocadas por problemas na coluna. O que muita gente não sabe é que essa dor pode estar relacionada ao peso da mochila que usou na época da escola.

Infográfico peso da mochila

A conta a ser feita é a seguinte: O peso da mochila jamais deve ultrapassar 10% do peso da criança, ou seja, se o menino ou a menina pesar 40 quilos, a mochila não deve pesar mais do que 4 quilos. Essa é uma recomendação dada pelo Ministério da Saúde.

Algumas dicas para equilibrar o peso da mochila são boas, como: usar sempre as duas alças, regular o peso para que não fique um lado mais pesado que o outro, vistoriar diariamente a mochila – a fim levar somente o que for necessário e, quando não tiver jeito, procurar usar mochilas com rodinhas.